França Paris

Aconteceu em Paris o atelier prático sobre Carta de Motivação

Foto de Susana Veja todos os posts de Susana Aconteceu em Paris o atelier prático sobre Carta de Motivação

*Texto enviado por Tatiana Ávila, da Comunicação, do Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Paris

Dando continuidade aos eventos focados na inserção ao mercado de trabalho francês, o Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Paris, em parceria com a Câmara de Comércio do Brasil na França e com o movimento Étudier est Imperieux, realizou, dia 4 de junho de 2022, mais um atelier para ajudar as brasileiras que buscam uma oportunidade no mercado de trabalho ou a recolocação profissional. O evento aconteceu na Maison des Associations, no 16ème, e também foi transmitido via Zoom.

A convidada do encontro foi Beate Muzard, coordenadora de segundo idioma (langue vivante 2) do Institut Polytechnique UniLaSalle, que deu dicas preciosas para a preparação da carta de motivação, uma ferramenta pouco usada no Brasil, mas muito importante nos processos de contratação na França.

Muzard explicou que o documento não deve ser uma repetição do currículo e que a ferramenta é uma oportunidade para que a candidata descreva vivências que, mesmo não sendo experiências profissionais, representam um diferencial, que pode ser crucial para determinada vaga e, consequentemente, para a tão esperada contratação.

“É importante começar com uma apresentação e explicando o motivo de você estar interessada na vaga e na empresa, o porquê da sua candidatura. Em seguida, vale contar um pouco das suas características, que fundamentam as suas experiências”, explicou a coordenadora durante o evento.

Veja abaixo mais dicas apresentadas no encontro:

  • Seja você mesma: não adianta criar um personagem e fingir ser quem não é. No momento da entrevista, isso vai ficar evidente.
  • Fale de você: trabalhos voluntários, experiências em outros países e viagens de intercâmbio profissional, cultural ou estudantil são histórias que valem a pena ser contadas.
  • Fale sobre a empresa: por que você tem interesse em trabalhar nessa companhia, o que te atrai e quais serão seus ganhos profissionais trabalhando ali.
  • Fale sobre a relação você + empresa: o que pode surgir dessa parceria? O que a empresa ganha tendo você como funcionária?

O atelier fez parte de uma série de eventos que estão sendo realizados pelo Comitê de Integração Social para dar apoio às mulheres que querem entrar no mercado francês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.