Mais Mulheres
na Política

Mais Mulheres na Política

PRÉ-CANDIDATA conheça a Carta Compromisso

Grupo Mulheres do Brasil

A Carta Compromisso é uma iniciativa do Comitê de Políticas Públicas e consiste em uma assinatura voluntária, onde as pré-candidatas, candidatas e mandatárias se comprometem com as causas e pautas prioritárias do Grupo Mulheres do Brasil.

O objetivo da Carta é:

  1. o impulsionamento de candidaturas femininas por meio da divulgação das signatárias no site do grupo e,
  2. o fortalecimento das pautas e causas prioritárias do Grupo Mulheres do Brasil.

Em 2020, coletamos mais de 600 assinaturas distribuídas por todos os estados brasileiros. Em 2021, realizamos uma busca ativa com mandatárias e somamos até o momento 90 assinaturas distribuídas entre 14 estados brasileiros.

Carta de Compromisso

0
assinaturas
0
candidatas eleitas

PRÉ-CANDIDATA, você que assinou a carta compromisso, queremos te conhecer

Elaboramos uma pesquisa para conhecermos seu perfil, suas pautas e sua experiência com a campanha.

Participe você também desta pesquisa, não é necessário se identificar.

Sobre o Projeto de lei por + Mulheres na Política

O Grupo Mulheres do Brasil, quer aumentar a representação feminina em todos os espaços de liderança, sejam eles públicos ou privados.Sobre o Projeto de lei por + Mulheres na Política

Sobre o projeto de lei por + Mulheres na Política

O Grupo Mulheres do Brasil junto com outras 29 Organizações está buscando assinaturas de apoio a um projeto de lei de iniciativa popular, que busca a paridade para a representação política feminina: Propomos reserva de 50% do número de cadeiras para deputadas federais, estaduais, distritais e vereadoras para representantes mulheres, sendo metade destes 50% destinados às mulheres negras.

Convidamos você a baixar o aplicativo “Mudamos+”; escolha o projeto de lei “+ Mulheres na Política” e daí é muito fácil assinar. Dentro do próprio aplicativo, você acessa o título de eleitor e completa a assinatura pedindo um projeto de lei que leve igualdade na representação política.

Comitê de Políticas Públicas

O Comitê de Políticas Públicas, do Grupo Mulheres do Brasil, defende uma maior participação da mulher nas diferentes esferas de poder; quer gerar valor social, construindo, propondo e/ou influenciando políticas públicas sob a perspectiva e as demandas das mulheres brasileiras.​
 
Para isso, desenvolvemos diversas iniciativas: monitoramos candidaturas e campanhas políticas de mulheres para identificar suas dificuldades, defendemos a reserva de assentos para mulheres no Legislativo, ações que impulsionem a cidadania participativa entre outras tantas.
 
Acreditamos que uma democracia representativa deve garantia igualdade entre homens e mulheres e que a presença de mais mulheres na política trará benefícios para todos os setores da sociedade.
 
O Brasil possui baixo índice de representatividade feminina em cargos eletivos. Em relação ao Poder Legislativo, ranking elaborado pela organização Inter-parliamentary Union classifica o Brasil em 132º lugar quanto ao porcentual de mulheres no Parlamento, dentre as 190 posições existentes. O Brasil possui representação feminina parlamentar abaixo das médias mundial (de 24,3%), e do continente americano (de 30,6%).

Violência Política de Gênero

Violência política de gênero é definida como agressão física, psicológica, econômica, simbólica ou sexual contra a mulher, com a finalidade de impedir ou restringir o acesso e exercício de funções públicas e/ou induzi-la a tomar decisões contrárias à sua vontade. Inclui-se nesta concepção as eleitas, as candidatas aos cargos eletivos, as ocupantes de cargos públicos, as dirigentes de conselhos de classe, de empresas estatais e das entidades de representação política.
A violência política acontece sob diversas formas, desde o assédio sexual ou moral, agressão verbal e até física, e nos vários ambientes de atuação política da mulher – como nas assembleias, partidos, parlamento ou mesmo nas redes sociais.
Um dos parceiros do Grupo Mulheres do Brasil é o Instituto Justiça de Saia, que em 2021, lançou o projeto – POLÍTICA DE SAIA, ação apartidária que tem como objetivo denunciar a violência política contra as mulheres e colaborar para a maior representatividade feminina na política.

ACOMPANHE NOSSA AGENDA DE EVENTOS

Grupo Mulheres do Brasil

Próximos eventos:

Cartilha prática de participação democrática

Baixe a Cartilha Prática para Participação Democrática e veja, de forma acessível e descomplicada, como se apropriar dos espaços de participação democrática disponíveis na estrutura pública brasileira. Você não vai conseguir parar de ler!

Parcerias

X
wpChatIcon