Ação: Vivendo as 4 estações

Comitê Integração Social - Núcleo Paris

Data da ação

De 27/04/2021 a 31/12/2022

O que

O projeto Vivendo as quatro estações nasceu de conversas informais. Eu, Fernanda, antes da crise sanitária, promovia bastante workshops e ateliês de yoga, alinhados com o ritmo das estações do ano. Nesses encontros eu mostrava para as pessoas o universo da yoga de maneira abrangente. Então, eu também quis fazer isso com parceria com o GMB, no formato de lives, por conta do confinamento. E discutindo foi me sugerido de fazê-lo sim, e com a participação voluntária de outras especialistas do bem-estar, para enriquecer ainda mais o tema. Esse projeto foi aprovado, colocado em prática e já dura um ano. Poderá ser replicado continuamente. Sabemos que a França e a maioria dos países do hemisfério norte tem as estações do ano muito bem definidas, bem diferente do nosso clima tropical brasileiro presente boa parte do ano no país. A oportunidade de vivenciar as 4 estações é uma experiência incrível quando conseguimos colocá-las à nosso favor. O projeto "Vivendo as 4 estações" criado pelo Comitê de Integração Social do Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Paris foi feito pensando nisso! Serão lives com dicas relevantes sobre cada estação, transmitidas por especialistas em bem-estar. E começamos pela primavera em 2021.

Por que

O projeto Vivendo as 4 estações é coordenado pelo comitê Integração Social e tem o propósito de suavizar nossa adaptação a cada uma das estações do ano, através de dicas de profissionais do bem-estar. Dessa forma, as pessoas contam com 4 lives, sendo 1 live com uma convidada diferente por semana. As lives são sempre gratuitas, sem inscrição prévia, duram em média 60 minutos e são transmitidas pelo Instagram do Núcleo Paris, ficando gravadas no IGTV. Nós sempre contamos com o suporte do comitê Comunicação, que cria os cards e textos de divulgação do evento. Sempre incentivamos as convidadas a se cadastrarem no GMB, com o intuito de fortalecer nossa rede de apoio às mulheres brasileiras. Todas as convidadas recebem previamente a Cartilha da Palestrante para se interarem do protocolo de funcionamento do GMB.

Para que

Os encontros on-line do projeto Vivendo as 4 estações são bem descontraídos. A linguagem é simples, inclusiva e acessível, de maneira que todas as pessoas lusófonas possam se beneficiar dele.

Para quem

O público alvo do projeto Vivendo as 4 estações abrange tanto a comunidade brasileira residente na França, como os brasileiros e lusófonos que nos acompanham do resto do mundo.

Recursos necessários

Voluntárias do comitê Integração Social Paris. Voluntárias do comitê comunicação Paris. Voluntárias de outros comitês. Canal do Instagram live do núcleo Paris. Evento gratuito e sem implicação de gastos da parte do núcleo Paris.

Desafios

O primeiro desafio foi a criação do roteiro padrão das lives e dos layouts criados pela comunicação para cada uma das estações. Em seguida, existe uma certa dificuldade em encontrar palestrantes diponíveis correspondendo ao perfil do projeto. O sonho vai crescendo e queremos trazer convidadas lusófonas/ convidados lusófonos do resto do mundo falando português.

Resultados alcançados

A ação vem impactando positivamente as pessoas seguidoras de nossos perfis sociais a partir do momento em que compartilhando conhecimentos geramos uma cultura positiva. Isso quer dizer que as pessoas adotam uma postura mais leve e positiva à medida em que se tornam mais conscientes da importância de adaptar seus hábitos quotidianos às particularidades de cada uma das estações do ano. O comitê comunicação do núcleo Paris pode fornecer estatísticas de cobertura, interação e visualizações das lives.

Fotos da ação replicável

Arquivos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.