Meta é ter mais mulheres eleitas

Políticas Públicas

Apesar de serem 52% da população e 44% das filiações partidárias, as mulheres representam apenas 15% dos deputados eleitos no País. A fim de aumentar a representatividade feminina no Legislativo, o Grupo Mulheres do Brasil criou a plataforma APPartidárias, um guia para eleitores que será atualizado em todas as eleições. O site projeta as candidatas femininas e suas bandeiras, e aciona partidos e autoridades sobre a falta de apoio a essas mulheres.

 

O mapeamento é feito com base em dados do TSE. A partir daí, as candidatas respondem um questionário sobre pautas prioritárias que se comprometem a defender durante o mandato. Além disso, o Appartidarias traz atualizações semanais sobre o apoio financeiro que as mulheres recebem de seus partidos e coligações.

 

A iniciativa tem forte envolvimento das mulheres do nosso Grupo. Cerca de 300 voluntárias monitoram as campanhas nas redes sociais para verificar se elas estão ativas e se são reais. Caso haja suspeita de uma candidatura fictícia, apenas para cumprir a cota de gênero de 30% fixada pelo TSE, o sistema faz disparos para legendas e Procuradorias de cada estado, além de publicar informes pela conta do Twitter https://twitter.com/APPartidarias.

FAZEMOS ACONTECER

Esse é um projeto do Comitê de Políticas Públicas e Privadas.
Quer colaborar? Entre em contato com politicaspublicas@grupomulheresdobrasil.org.br.

Cada mulher conta.